Ai, mas deturparam Marx!!!

Um argumento muito usado para defender o marxismo é que deturparam Marx. A ideia de que dezenas de estados tinham deturpado Marx é muito fraca. Ou o Marxismo é uma ideia muito fraca que se permite deturpar com tamanha facilidade (a ser verdade ninguém lhe passaria cartão) ou a ideia de Marx é mal contada aos leigos. Para saber a verdade basta ler O Manifesto Comunista. Aqui ficam alguns excertos para esclarecer os menos elucidados:

«Os proletários nada têm de seu a assegurar, têm sim de destruir todas as seguranças privadas e asseguramentos privados.»

«Pela forma, embora não pelo conteúdo, a luta do proletariado contra a burguesia começa por ser uma luta nacional. O proletariado de cada um dos países tem naturalmente de começar por resolver os problemas com a sua própria burguesia.»

O termo “resolver” nas primeiras edições não era tão brando como simplesmente “resolver”.

«Ao traçarmos as fases mais gerais do desenvolvimento do proletariado, seguimos de perto a guerra civil mais ou menos oculta no seio da sociedade existente até ao ponto em que rebenta numa revolução aberta e o proletariado, pelo derrube violento da burguesia, funda a sua dominação.»

Atenção: “derrube violento da burguesia”. a guerra civil será violenta.

«Os comunistas são, pois, na prática [praktisch], o sector mais decidido, sempre impulsionador, dos partidos operários de todos os países; na teoria, eles têm, sobre a restante massa do proletariado, a vantagem da inteligência das condições, do curso e dos resultados gerais do movimento proletário.»

O caso de todos os partidos comunistas em todos os estados socialistas da história. Basta olhar para a URSS, China, Cuba, Coreia do Norte, Vietname, etc.

«Neste sentido, os comunistas podem condensar a sua teoria numa única expressão: supressão [Aufhebung] da propriedade privada.»

Para quem diz que Marx só era a favor do controlo dos meios de produção por parte do estado. E atenção, isto é mais que uma frase simples, Marx diz que isto resume toda a teoria.

«Mas será que o trabalho assalariado, o trabalho do proletário, lhe cria propriedade? De modo nenhum. Cria o capital, i. é, a propriedade que explora o trabalho assalariado, que só pode multiplicar-se na condição de gerar novo trabalho assalariado para de novo o explorar.»

Todo o numero de novos empreendedores que por todo o lado aparecem, e que do nada criam fortuna só mostram a inconsistência desta frase.

«Numa palavra, censurais-nos por querermos suprimir a vossa propriedade. Certamente, é isso mesmo que queremos.»

Eu aqui nem preciso comentar.

«O proletariado usará a sua dominação política para arrancar a pouco e pouco todo o capital à burguesia, para centralizar todos os instrumentos de produção na mão do Estado»

Está ai – dito com todas as letras por Marx – que a centralização NO ESTADO tem de ser feita! todos os comunismos fizeram exactamente isso!

«Naturalmente isto só pode primeiro acontecer por meio de intervenções despóticas no direito de propriedade e nas relações de produção burguesas»

Ora Marx disse que a intervenção é necessária e tem de ser despótica. Os lideres comunistas deste mundo fizeram isso mesmo, foram DÉSPOTAS e usaram de toda violência possível para implantar as ideias de Marx.

Para finalizar, os “10 mandamentos” contidos no livro:

  1. Expropriação da propriedade fundiária e emprego das rendas fundiárias para despesas do Estado.
  2. Pesado imposto progressivo.
  3. Abolição do direito de herança.
  4. Confiscação da propriedade de todos os emigrantes e rebeldes.
  5. Centralização do crédito nas mãos do Estado, através de um banco nacional com capital de Estado e monopólio exclusivo.
  6. Centralização do sistema de transportes nas mãos do Estado.
  7. Multiplicação das fábricas nacionais, dos instrumentos de produção, arroteamento e melhoramento dos terrenos de acordo com um plano comunitário.
  8. Obrigatoriedade do trabalho para todos, instituição de exércitos industriais, em especial para a agricultura.
  9. Unificação da exploração da agricultura e da indústria, actuação com vista à eliminação gradual da diferença entre cidade e campo.
  10. Educação pública e gratuita de todas as crianças. Eliminação do trabalho das crianças nas fábricas na sua forma hodierna. Unificação da educação com a produção material, etc.

Tal qual uma religião, estes são os mandamentos. Como os dogmas não são questionados, os estados socialistas do mundo fizeram exactamente isto. Marx não se limitou a definir o socialismo cientifico como muitos gostam de dizer e claramente o marxismo não foi deturpado. Alias foi deturpado sim, pela classe intelectual que hoje o tenta justificar.

As medidas que Marx escreveu no manifesto e que foram praticadas pelos comunismos:

  • revolução do proletariado;
  • luta de classes;
  • ditadura do proletariado;
  • extinção da classe burguesa;
  • abolição da propriedade privada;
  • meios de produção nas mãos do estado socialista;
  • economia planificada pelo estado socialista;
  • comités do povo;
  • socialismo científico.

Tudo o que Marx escreveu foi feito.

O Manifesto Comunista (site do PCP)
Adaptado do original

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading Facebook Comments ...
%d bloggers like this: